2

Dec 15, 2010
não sei o que esperam de mim. se falas demais, és tagarela. se falas de menos és anti-social. comigo é assim, oito ou oitenta. nunca fui apresentado a este tal de "in between". se o que querem é sinceridade, aguentem então as palavras duras. não suporto esta falsidade. beijos e abraços, apertados e melados. não necessariamente nessa ordem. nunca entendi tal necessidade que os brasileiros tem de se tocar. se te conhecem hoje, amanhã te amam. onde se meteram os sentimentos verdadeiros, me pergunto. jogaram pelo ralo junto com o falso patriotismo que surge em época de copa do mundo. não senti sua falta hoje. acordei assim, enojado de tudo. te expurguei de mim como quem o faz com o câncer. e da mesma maneira, ainda sobram umas pequenas células malignas para me assombrar. 5 anos. só por hoje, espero não te encontrar em meus pensamentos.

1 comment:

  1. oownn...
    mt bem escrito, meio triste, meio forte, meio duro, e mesmo que pareca nao ter essa intencao, mt amoroso.

    Que foto linda a do lado aqui direito, LINDA!!
    E claro, valeu a visita :=)

    ReplyDelete