20

Aug 9, 2011
sabe, olho as estrelas, a lua, o mar, até o ar eu tenho tentando avistar de alguma forma, venho procurando quase que desesperadamente por uma visão que me faça achar o sentido no mundo, acho que já nem é tanta falta de você... fico pensando que meu corpo e minh'alma pegaram preguiça do tentar, se acostumaram com esse sentimento escuro que habita aqui dentro e não há  nada que eu pense ou planeje que mude isso. é verdade, escuto músicas tristes e bem, quase não existem músicas sobre histórias felizes, então isso não é minha culpa. esse texto não é sobre você, é sobre mim e eu fico feliz com isso. fico feliz que já esteja me preocupando. a cidade do eu sozinho busca por um novo habitante que a deixe como o natal, brilhante e confortante. já não aguento mais esbarrar em bueiros transbordados por dias de chuva. e você, já anda sobre as ruas secas de um novo amor?

1 comment:

  1. oi ninino... ninino da pipa!
    quem é essa malvada que te faz escrever tao bonito???

    Mas sabe? a tristeza é que compoe bonito, ja notou?
    Mas é claro que sim, tu é poeta ninino! e todo poeta sabe sobre a beleza que existe na tristeza.
    De qq maneira, bom saber, mt bom saber que já anda procurando pensar em ti mesmo!
    Bom!!!

    Sim, já voltei de férias, passei 3 semanas em Manaus,no segundo dia queria voltar, to meio desacostumada com a bagunca brasileira, mas depois de alguns dias, já tava me acostumando de novo :-) Bom mesmo foi ficar com a família, na casa da minha mae linda e sempre alegre! Isso sim, vale à pena!

    Um abraco e bola pra frente...

    ReplyDelete