41

Sep 20, 2013
Hoje ouvi uma das coisas mais feias de toda a minha vida. Zombaram delas como se não tivessem importância, como se fossem apenas mais algumas em meio há tantas que aparecem de vez em quando, assim, quando se deseja muito uma coisa e simplesmente não dá certo. Ouvi em tom de deboche que eram inferiores e que não fariam diferença. Foi feio e eis aqui uma lição para ti, flor. Onde quer que esteja e com quem quer que esteja, tente compreender e nunca se esqueça de respeitar as pobres lágrimas. Elas podem ser marginais e ter vontade própria, mas não se desrespeita o suor de uma alma sofrida. As lágrimas são salgadas mas já a vi regarem um jardim inteiro. 

1 comment:

  1. Regam ou inundam.
    Mas o que quer que seja, elas sempre lavam.

    -
    Por onde andas, Mr. Tambourine?
    Abraços.

    ReplyDelete